Ao Deus Desconhecido

Era uma vez em Atenas, 600 anos antes do Nascimento de Jesus. Atenas estava dominada por uma praga que afligia todo o povo.

A sacerdotisa da cidade disse que todos os sacrifícios que haviam sido feitos apaziguaram todos os deuses menos 1.

Então Nícias um dos conselheiros deu a idéia de irem até Cnossos na ilha de Creta para trazer um home chamado Epimenides.

A sacerdotisa disse que ele seria o único capaz de apaziguar o deus desconhecido que ainda não tinha recebido os sacrifícios.

Creta é a maior das ilhas gregas e a quinta maior do Mediterrâneo. Assim Epimenides fez uma grande viagem até chegar em Atenas.

Quando Emipenides chegou em Atenas ao andar pelas ruas percebeu quantos deuses haviam naquela cidade…. centenas de centenas…..

Ao ser interrogado de como faria aquela praga cessar sobre a cidade, Epimenides ordenou que ao nascer do sol trouxessem um rebanho de ovelhas, um grupo de pedreiros e uma grande quantidade de pedras e argamassa até a ladeira coberta de relva, ao pé da rocha sagrada, as ovelhas deveriam ser todas sadias, brancas ou pretas.

As ovelhas não poderiam comer depois do descanso noturno, deveriam ser ovelhas famintas….

Todos acharam muito estranho as orientações de Epimenides mas tinham nela a única esperança. E mesmo incrédulos seguiram as instruções de Epimenides.

No outro dia bem  cedo todos foram ao pé o monte sagrado e Epimenides começou a dizer ……

“ Vocês já se esforçaram muito ofertando sacrifícios aos seus numerosos deuses e foi inútil, na verdade existe ainda um outro deus cujo nome não conhecemos e que não está sendo representado por nenhum outro ídolo nesta cidade……e vou supor que este deus é bastante poderoso e suficientemente bondoso para livrar Atenas desta praga, se apenas pedirmos sua ajuda.”

Depois de dizer estas palavras Epimenides mandou que soltassem o rebanho junto a relva onde encontrariam alimento, as ovelhas deveriam ser seguidas por homens que observariam o comportamento daqueles animais.

Então Epimenodes orou: “ Ó deus desconhecido! Contempla a praga  que aflige esta cidade, e se de fato tens compaixão, perdoa-nos e ajuda-nos, e revela tua disposição em nos responder fazendo com que qualquer ovelha que te agrade deite na relva ao invés de pastar. Escolhas as brancas ou pretas e aquelas que te agradarem iremos sacrificar”.

Aos poucos algumas ovelhas foram se deitando apesar de toda relva suculenta e de estarem famintas.

Então Epimenides ordenou que onde cada ovelha havia se prostrado deveria ser construído um altar com as pedras e argamassa, onde aquela ovelha deveria ser sacrificada.

Após construírem os altares, os pedreiros perguntaram qual deveria ser o nome do deus a ser gravado nos altares.

Mas Epimenides desencorajou-os ao dizer que o deus desconhecido havia se agradado justamente da humildade deles em reconhecer a ignorância em que viviam e que não poderiam correr o risco de dar nome ao deus que eles sequer conheciam. Então simplesmente escreveram:

“ AO DEUS DESCONHECIDO”

No final de uma semana depois dos sacrifícios, os doentes já estavam curados…..e reconheciam que o Deus Desconhecido havia sido bondoso para com eles.

Mas com o tempo eles se esqueceram daqueles altares e do Deus desconhecido e voltaram a adorar seus outros centenas de deuses. Vândalos demoliram alguns dos altares e os mesmos ficaram sobre o musgo e o mato.

Anos mais tarde dois anciãos se lembraram da importância dos altares, já que eram crianças quando tudo aconteceu, e resolveram preservar um único altar que ainda estava em boas condições na esperança de que no dia em que este Deus Desconhecido revelasse o seu nome, o povo de Atenas pudesse saber que um dia este Deus os salvou da morte…..

Está história é um relato de Diógenes Laércio, um autor grego do século III A.D, na obra clássica “As vidas de filósofos eminentes”.

Cerca de 640 anos depois deste acontecimento o Apostolo Paulo viajou para Atenas e percebeu que a idolatria dominava a cidade. Centenas de deuses estavam expostos por toda a cidade. Atenas continuara a mesma desde os tempo de Epimenides. Indignado com a situação de idolatria Paulo pregava nas sinagogas e nas praças para os judeus e gentios para que eles se arrependem-se.

Alguns filósofos se levantaram contra ele porque Paulo falava de Jesus e da ressurreição, o que para eles era apenas mais um novo deus entre os centenas que eles conheciam.
Então Paulo foi convidado para ir ao Areópago falar para todos sobre sua nova doutrina. O Areópago era um conselho que discutia a educação e a religião e no passado havia sido o principal órgão judicial de Atenas. Era portanto um importante centro de estudo da época.

Em Atos 17:22 vemos a continuação da historia : “Então, Paulo, levantando-se no meio do Areópago, disse: Senhores atenienses! Em tudo vos vejo acentuadamente religiosos, porque, passando e observando os objetos do vosso culto, encontrei também um altar no qual está inscrito: Ao Deus Desconhecido. Pois esse que adorais sem conhecer é precisamente aquele que eu vos anuncio.”

Anos de história de cruzaram neste momento. Deus havia se revelado ao povo de Atenas cerca de 630 anos antes da visita de Paulo a Atenas, e havia deixado explicito um sinal que nosso Deus opera através do tempo, articulando a historia e a vida da humanidade.
Não apenas se revelou como um Deus que eles ainda não conheciam como também  mostrou  a eles que o mal que os afligia somente seria aniquilado quando o sacrifício do cordeiro fosse feito, uma alusão clara a morte de Jesus, como o cordeiro puro e sem macula, pelos nossos pecados.

Através do altar “Ao Deus Desconhecido” Paulo conseguiu um ponto de conexão com os atenienses que começaram a ouvir suas palavras até que Paulo  contou a eles sobre a ressurreição de Jesus. Naquele momento o conhecimento humano dos atenienses os impediu de verem que nosso Deus opera milagres e maravilhas. Pensaram que Paulo era louco e não quiseram mais ouvi-lo.

Mas um grupo de pessoas receberam aquelas palavras e creram dentre elas Dionísio. O nome Dionísio significa ressurreto da morte, foi por isso que este homem se arrependeu de sua idolatria, as palavras de Paulo foram de encontro ao seu próprio nome e ele se identificou com a mensagem das boas novas.

Deus existe, Ele é real. E muitas vezes nos relacionamos com Ele como se fosse um Deus desconhecido, distante. Um Deus onde seus feitos são apenas  historias milenares contadas na Bíblia. Vivemos as experiências das pessoas que estão ao nosso redor, mas não conhecemos Deus, Jesus intimamente, seguimos ignorantes quanto a tudo que Ele tem preparado e feito pela humanidade ao longo da história. E muitas vezes, como os atenienses vemos os milagres e as curas mas deixamos o tempo apagar nossas memórias. Isto acontece porque somos religiosos e não adoradores e seguidores de Jesus, o Deus que se fez conhecido e viveu entre nós.
O meu chamado para você hoje é para se arrepender por viver na superficialidade da vida crista, por ser um religioso que pensa que serve a Deus, mas na verdade fala, canta e dança de um Deus que ainda  é desconhecido  por falta de intimidade com Ele. Meu chamado é para você buscar conhecê-lo intimamente, conhecer sua palavra e seu poder que tem se revelado a nós a cada dia.

Saia da superficialidade da religião.

About these ads

15 respostas para Ao Deus Desconhecido

  1. Oi!!! mais uma vez, Deus atráves de suas palavras quer me levar a intimidade com Ele, é muito fácil viver o que os outros estão vivendo, ficar feitos robos repetindo chavões. Nos esquecems que Deus tem algo reservado pra nós e quer firmar nossa raiz Nele!!! Vamos mergulhar de cabeça nessa PRESENÇA MARAVILHOSA!

  2. Mel disse:

    Olá Iara! Eu gosto muito do q vc escreve. Vejo q sao coisas q vem verdadeiramente do trono d Deus. Existe muitas coisas q vc fala q Deus tambem compartilha comigo.
    Eu tambem escreve muitas mensagens sobre isso q vc fala. Toda vez q leio vejo q sao confirmaçoes do q Deus tambem esta falando comigo. Tem algo q escrevi q fala um pouco disso q vc disse, do Deus Desconhecido. Queria saber se vc quer ler. Se quiser eu mando p vc por e-mail ou pelo comentario. Senti muita vontade em compartilhar c vc. Se vc quiser só me manda um e-mail.
    Um abraço e que Deus continue te usando!

  3. Ana Flávia Lima Silva-ce disse:

    TREMENDO!!
    é isso mesmo…tem muita gente servindo a um Deus que não conhece e que sem saber está fazendo dEle um ídolo que está distante,o nosso DEUS É MUITO VIVO!!…Fariseísmo,religiosidade,é algo que ainda toma conta das igrejas…fico meio confusa com isso e penso,será que é preguiça de buscar?Tudo o que o Senhor deseja de nós,é a inteireza do nosso coração,não é o nosso muito fazer que agrada a Deus,que nos faz mais ou menos filhos amados do Pai..”Sacrificeis agradáveis a Deus,são coração quebrantado e contrito”..
    Que Deus te abençõe!!! ;)
    bjss

  4. Joyce Caroline disse:

    Assim como diz na música do Oficina G3 …”Somos como naves imperiais a serviço do nosso Rei, Somos jovens que creem no Deus Vivo, que enviou Seu Filho para nos salvar”…..Que seja assim a nossa vida. Que deixemos a religião de lado e sejamos adoradores genuínos dAquele que se deu por nós e que está VIVO, Reinando Soberanamente!!!!!
    Vc é uma benção Iara…até mais!!!!

  5. Alê Braga disse:

    Olá Iara.
    Muito interessante a história. Não conhecia.
    Concordo com você, precisamos ter intimidade com Deus e como é bom estar nos braços do Senhor…!

  6. Luana O'Stos disse:

    Uhu Que bom que postou!!!
    Essa pregação foi literalmente uma benção.
    Lembro-me na hora da oração eu pedi a Deus para que o que eu estava sentindo não fosse passageiro… Posso te garantir que Ele não falha! Aleluia!

    Ah! Advinha qual foi a palavra do culto de domingo? ATOS 17!!! rsrsrsrrsrsrsr Completou! Que lindo!

    Você é uma benção!!!!

    Obrigada! Beijo!

  7. TATIANA NOGUEIRA disse:

    REALMENTE!!!
    HÁ UMA GRANDE DIFERENÇA ENTRE FALAR DE DEUS E VIVER A DEUS… ATÉ POR ISSO A BÍBLIA NOS DIZ QUE A LETRA MATA MAS O ESPÍRITO VIVIFICA! MUITO ALÉM DE SABER AS ESCRITURAS TEMOS QUE VIVÊ-LAS, NÃO POR UM INSTANTE MAS POR TODA VIDA.
    IARA, OBRIGADO POR PARTILHAR DE PALAVRAS TÃO MARAVILHOSAS.
    BJO

  8. Alessandra Ferreira disse:

    Amei essa palavra,até pq gosto muito do livro de Atos.
    Deus vos abençõe!!!!!!!!!

  9. Thiago Freire disse:

    Te desejo A Paz do Senhor, e quero dizer também que sinto-me grato por esse estudo, que interessa tanto àquele que busca uma profundidade maior com nosso Senhor Jesus. Que através de sua vida mais pessoas possam ser alcançadas com o verdadeiro evangelho de Cristo Jesus.
    Mais uma vez, obrigado por permitir que Deus te use como instrumento de bençãos.
    Abraço

  10. Abraão Silva disse:

    Oi, gostei mto do post e gostaria de saber como posso conseguir esse livro do Diógenes Laércio..

  11. przeca disse:

    O Livro O QUE SIGNIFICA AMAR A DEUS de Charles Colson traz alguns detalhes como nomes das pessoas. Esta história é muito bonita e merece ser divulgada mesmo. Parabéns.

  12. Oscar Correia disse:

    Achei a historia muto interessante, estava escrevendo um artigo sobre o deus desconhecido pensando que foi Aristoteles que tinha mencionado primeiro sobre isso. Mas não foi. Obrigado pela ajuda.

    Gostaria de publicar esse artigo em meu blog, gostaria de uma autorização para isso. Não tem o nome de quem escrever o artigo.

  13. Antonio Cesar disse:

    PUXA! Gostei muito, é bom conhecer mais Sobre Deus.

  14. ESTOU FAZENDO O CURSO TEOLOGICO, ME AJUDOU BASTANTE NA PESQUIZA.

  15. ISAIAS RABELO disse:

    MEU DEUS QUE REVELAÇÃO MAIS LINDA DE MAISSS, QUE DEUS CONTINUE ABENCOANDO A TODOS.

    GRAÇA E PAZZZZ.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 48 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: